terça-feira, 17 de agosto de 2010

Dúvidas: Antibióticos e outras

Tenho constatado que grande parte das visitas deste blog se prende à tentativa por parte dos leitores de encontrar respostas a dúvidas sobre antibióticos e afins. Deixo aqui este tópico para que coloquem nos comentários as vossas questões para que eu possa esclarecer o melhor possível com os meus conhecimentos ou consultando a opinião de colegas da especialidade...

Exs: "O que fazer quando uma infecção bacteriana não passa com antibiótico?" "O antibiótico deve ser tomado até ao fim?"

6 comentários:

Giga disse...

ora aqui está um tema pertinente. até porque, principalmente os jovens, na ansia de voltarem a vida nocturna plena aka beber ate cair, ao primeiro sinal de que o estado patologico possa estar resolvido, colocam de parte o antibiotico.

Espinha disse...

e és muito bem-vindo a ajudar nas eventuais questões a serem levantadas caro colega!

Joaquim disse...

Quando estamos com dores de garganta 3 dias seguidos, devemos tomar antibiótico? E durante quando tempo?

Espinha disse...

Caro Joaquim,

a partir do momento que se inicia o tratamento com antibiótico, este deverá ser tomado até ao fim da embalagem/frasco ou pelo tempo indicado pelo clínico pois mesmo que sinta um alívio dos sintomas, existe uma pequena quantidade de bactérias "atordoadas" no organismo que é insuficiente para provocar sintomas mas estão lá; capazes de se multiplicarem causando novamente os sintomas.

Relativamente ao caso por si mencionado, uma dor de garganta por si só não é suficiente para se iniciar um tratamento com antibiótico no caso de não apresentar febre nem expectoração (catarro) purulenta (amarelada). Em todo o caso se a dor persistir contacte o seu médico.

Joaquim disse...

Portanto, se tiver febre ou expectoração já devo tomar antibiótico?

Espinha disse...

Caro Joaquim,

ter febre associada a expectoração purulenta ou apenas pus na garganta, indica uma infecção bacteriana que será, então, adequado o uso do antibiótico. Para que o tratamento com antibiótico seja eficaz, recomenda-se a realização de um exame chamado antibiograma que consiste na determinação laboratorial do tipo de bacteria que lhe estará a causar a infecção e qual o antibiótico mais eficaz para a sua eliminação. Esta prática permite que sejam apenas usados antibióticos eficazes diminuíndo o risco de aparecimento de bactérias resistentes aos antibióticos.